Este sítio utiliza cookies para assegurar uma melhor experiência de utilização. Ao continuar a navegar está a concordar com a sua utilização.

PT EN

Qualidade da água para consumo humano em Portugal - Ano de 2011

2012.10.01

A+ A-

Encontra-se disponível o relatório anual da ERSAR relativo ao controlo da qualidade da água para consumo humano.

Conforme consta do relatório anual sobre o “Controlo da Qualidade da Água para Consumo Humano”, apresentado publicamente pela ERSAR, a água para consumo humano em Portugal continua a apresentar consistentemente uma excelente qualidade. Com o indicador de água segura a atingir os 98%, pode garantir-se aos portugueses que podem beber água da torneira com confiança.

Esta situação, conjugada com o facto de o quadro da regulação ser cada vez mais exigente, representa uma efetiva melhoria da qualidade da água nos últimos anos. De facto, a percentagem de cumprimento dos valores paramétricos coloca-nos ao nível de outros países da Europa ocidental.

O Volume 4 do Relatório Anual dos Serviços de Águas e Resíduos em Portugal em 2012 (RASARP 2012) procura sintetizar a informação mais relevante relativa à qualidade da água na torneira do consumidor no ano de 2011, referenciada a 31 de dezembro desse ano.

De acordo com o disposto no número 1 do artigo 35.º do Decreto-Lei n.º 306/2007, de 27 de agosto, a ERSAR, enquanto autoridade competente para a qualidade da água destinada ao consumo humano, elabora e deve disponibilizar ao público um relatório técnico anual com base nos resultados enviados pelas entidades gestoras. Com este relatório, além de se dar cumprimento ao disposto na legislação em vigor, pretende-se também proceder à comparação dos resultados obtidos com os resultados de anos anteriores, permitindo assim avaliar a evolução da situação.

Consulte o Volume 4 do RASARP, bem como a informação mais detalhada, por concelho, por entidade gestora e por zona de abastecimento ou por ponto de entrega, dos dados da qualidade da água referentes ao ano de 2011, quer no que diz respeito às entidades gestoras em baixa, quer no que diz respeito às entidades gestoras em alta..

Para qualquer esclarecimento relativamente ao relatório contacte-nos através do e-mail: geral@ersar.pt.