Este sítio utiliza cookies para assegurar uma melhor experiência de utilização. Ao continuar a navegar está a concordar com a sua utilização.

PT EN

ERSAR ATRIBUI SELOS DE QUALIDADE DOS SERVIÇOS DE ÁGUAS

2019.11.15

A+ A-

A distinção será atribuída no dia 10 de dezembro a entidades gestoras que prestam serviços de abastecimento público de água e saneamento de águas residuais urbanas, em cerimónia integrada na 14.ª Expo Conferência da Água, em Lisboa.

Com esta iniciativa, evidencia-se a existência de um rigoroso sistema de avaliação dos serviços prestados aos consumidores, que passam a conhecer as entidades que prestam o melhor serviço em diferentes áreas. Pretende também sensibilizar-se as entidades gestoras para as questões da qualidade na conceção, execução, gestão e exploração dos sistemas.

Indicadores como água segura, perdas reais de água, ocorrência de falhas no abastecimento, reciclagem de resíduos de recolha seletiva, resposta a reclamações e cobertura de gastos foram alguns dos parâmetros avaliados.

Às entidades gestoras a quem será atribuído um selo de qualidade será entregue um certificado e o direito de usar a imagem do selo no âmbito da sua comunicação institucional, nomeadamente no sítio da Internet e publicidade. A cerimónia de entrega dos selos irá decorrer no dia 10 de dezembro, durante a 14.ª Expo Conferência da Água, em Lisboa.

As entidades gestoras a quem for atribuído o selo de qualidade em abastecimento público de água e em saneamento de águas residuais urbanas ficam automaticamente elegíveis ao Prémio de Excelência do Serviço, em cada categoria, cujos vencedores serão divulgados durante o evento.

Esta iniciativa da ERSAR é realizada em parceria com o Jornal Água&Ambiente. Fazem também parte do Júri outras entidades representativas do setor, designadamente a Associação Portuguesa de Distribuição e Drenagem de Águas (APDA), a Associação Portuguesa de Engenharia Sanitária e Ambiental (APESB), a Associação Portuguesa dos Recursos Hídricos (APRH), a ESGRA - Associação para a Gestão de Resíduos, a APEMETA - Associação Portuguesa de Empresas de Tecnologias Ambientais e a DECO - Associação Portuguesa para a Defesa do Consumidor.

DECISÕES DO JÚRI RELATIVAMENTE AOS SELOS DOS SERVIÇOS DE ÁGUAS

Atribuição do "Selo de qualidade em abastecimento público de água"

Pretendeu-se evidenciar as entidades prestadoras de serviços de abastecimento público de água que, no último ano de avaliação regulatória, tenham assegurado um serviço de abastecimento público de água de especial qualidade, nomeadamente verificando cumulativamente todos os critérios previstos no regulamento.

O Júri procedeu à análise qualitativa do serviço prestado pelas entidades mencionadas, analisando aspetos relacionados com a governança, o cumprimento das obrigações legais, a conduta perante o regulador e ocorrências significativas com impacte no serviço prestado.

Após cuidada ponderação o Júri deliberou atribuir o "Selo de qualidade em abastecimento público de água" às seguintes entidades, por ordem alfabética:
• Águas do Douro e Paiva
• EPAL - Serviço em alta
• EPAL – Serviço em baixa
• Indaqua Fafe
• Indaqua Feira
• SMSB de Viana do Castelo

Atribuição do "Selo de qualidade em saneamento de águas residuais urbanas"

Pretendeu-se evidenciar as entidades prestadoras de serviços de saneamento de águas residuais urbanas que, no último ano de avaliação regulatória, tenham assegurado um serviço de saneamento de águas residuais urbanas de especial qualidade, nomeadamente verificando cumulativamente todos os critérios previstos no regulamento.

O Júri procedeu à análise qualitativa do serviço prestado pelas entidades mencionadas, analisando aspetos relacionados com a governança, o cumprimento das obrigações legais, a conduta perante o regulador e ocorrências significativas com impacte no serviço prestado.

Após cuidada ponderação o Júri deliberou atribuir o "Selo de qualidade em saneamento de águas residuais urbanas" à seguinte entidade:
• Indaqua Feira

Atribuição do "Selo de qualidade exemplar da água para consumo humano"

Pretendeu-se evidenciar as entidades prestadoras de serviços de abastecimento público de água que, no último ano de avaliação regulatória, tenham assegurado uma qualidade exemplar da água para consumo humano, nomeadamente verificando cumulativamente todos os critérios previstos no regulamento.

Após cuidada ponderação, nomeadamente tendo em atenção os critérios qualitativos referidos, o Júri decidiu atribuir o "Selo de qualidade exemplar da água para consumo humano" às seguintes entidades, por ordem alfabética:
• AGERE
• Águas da Covilhã
• Águas da Teja
• Águas de Alenquer
• Águas de Barcelos
• Águas de Gondomar
• Águas de Mafra
• Águas de Paços de Ferreira
• Águas de Paredes
• Águas de Santo André
• Águas de Valongo
• Águas do Lena
• Águas do Planalto
• Águas do Porto
• Águas do Sado
• AMBIOLHÃO
• CM de Alandroal
• CM de Alcácer do Sal
• CM de Alcochete
• CM de Almeida
• CM de Alvito
• CM de Barrancos
• CM de Barreiro
• CM de Bombarral
• CM de Figueira de Castelo Rodrigo
• CM de Gouveia
• CM de Lagos
• CM de Lamego
• CM de Miranda do Corvo
• CM de Moita
• CM de Mourão
• CM de Paredes de Coura
• CM de Pedrógão Grande
• CM de Penacova
• CM de Penamacor
• CM de Póvoa de Lanhoso
• CM de São Brás de Alportel
• CM de São João da Pesqueira
• CM de Sesimbra
• CM de Sousel
• CM de Viana do Alentejo
• CM de Vidigueira
• CM de Vila do Bispo
• CM de Vila Nova de Foz Coa
• CM de Vila Nova de Poiares
• CM de Vinhais
• EMAR de Portimão
• Esposende Ambiente
• Indaqua Feira
• Indaqua Matosinhos
• SIMAS de Oeiras e Amadora
• SM de Nazaré
• SMAS de Caldas da Rainha
• SMAS de Leiria
• SMAS de Montijo
• SMAS de Tomar
• SMAS de Torres Vedras
• SMAS de Vila Franca de Xira
• SMAS de Viseu
• SMEAS de Maia

Atribuição do "Selo de qualidade para o uso eficiente da água"
Pretendeu-se evidenciar as entidades prestadoras de serviços de abastecimento público de água que, no último ano de avaliação regulatória, tenham assegurado uma gestão eficiente da água de especial qualidade.

Após cuidada ponderação, nomeadamente tendo em atenção os critérios qualitativos referidos, o Júri decidiu atribuir o "Selo de qualidade para o uso eficiente da água" às seguintes entidades, por ordem alfabética:
• Abrantaqua
• SIMARSUL
• Águas do Tejo Atlântico
• Águas do Vouga
• Águas de Gondomar
• Indaqua Fafe

A seleção das entidades distinguidas foi feita de acordo com o regulamento "Prémios e Selos dos Serviços de Águas e Resíduos - Dados de 2018, disponível para consulta aqui.

 

 

COVID-19 - Informação Relevante e Perguntas Frequenteshttp://www.ersar.pt/pt/site-comunicacao/site-noticias/Paginas/Perguntas-Frequentes-Informação-COVID-190420-3045.aspxCOVID-19 - Informação Relevante e Perguntas FrequentesEncontre neste página dedicada à pandemia por SARS-CoV-2 (COVID-19), orientações e recomendações, síntese da legislação relevante e respostas a Perguntas Frequentes (FAQ's).2020-04-20T23:00:00Z
Lei n.º 7/2020 - proibição da suspensão do fornecimento de serviços essenciaishttp://www.ersar.pt/pt/site-comunicacao/site-noticias/Paginas/Lei-7-2020-proibicao-da-suspensao-do-fornecimento-de-servicos-essenciais.aspxLei n.º 7/2020 - proibição da suspensão do fornecimento de serviços essenciaisA Lei n.º 7/2020 - Diário da República n.º 71-A/2020, Série I de 10 de abril de 2020, estabelece regimes excecionais e temporários de resposta à epidemia SARS-CoV-2 (Covid-19), e procede à primeira alteração ao Decreto-Lei n.º 10-I/2020, de 26 de março, e à quarta alteração à Lei n.º 27/2007, de 30 de julho.2020-04-20T23:00:00Z
Orientações e Recomendações para a gestão de resíduos em situação de pandemia por COVID-19http://www.ersar.pt/pt/site-comunicacao/site-noticias/Paginas/Orientações-Recomendacoes-para-gestao-de-residuos-pandemia-COVID-19.aspxOrientações e Recomendações para a gestão de resíduos em situação de pandemia por COVID-19Com a evolução das preocupações devido ao aumento de casos de infeção por SARS-CoV-2 (COVID-19), são emitidas as seguintes Orientações e Recomendações para a gestão de resíduos e para a recolha de resíduos urbanos. 2020-03-17T00:00:00Z
orientação sobre procedimentos a adotar na rede predial de edifícios, no regresso à normalidade, após estado de emergênciahttp://www.ersar.pt/pt/site-comunicacao/site-noticias/Paginas/orientacao_rede_predial_edificios_encerrados_covid190429-1899.aspxorientação sobre procedimentos a adotar na rede predial de edifícios, no regresso à normalidade, após estado de emergênciaTendo em vista a proteção da saúde pública e o regresso seguro à normalidade, a ERSAR recomenda medidas a adotar na rede predial de edifícios encerrados durante o estado de emergência, devido à pandemia COVID-19.2020-04-28T23:00:00Z